Voltar



História
da IPB

 


IGREJA PRESBITERIANA DE MANAUS


Por Pr. José João de Mesquita
Setembro de 2002

NOSSA IDENTIDADE

Somos uma igreja de 98 anos, com 3.000 membros adultos (acima de 13 anos).
Somos Calvinistas, nos identificamos com a reforma protestante do século XVI. Somos conservadores na doutrina, contemporâneos na liturgia. Cremos que todos os dons espirituais são para hoje. Enfatizamos os grupos familiares e os ministérios, como forma de evangelização, discipulado, comunhão e serviço no reino de Deus. Somos uma igreja em grupos familiares, também temos muitos ministérios.

PROPÓSITO DA IPM

Ser uma igreja fiel a Palavra de Deus, missionária e relevante na sociedade, que se desenvolva nas áreas de Adoração, Evangelização, Oração, Ensino e Diaconia, onde cada crente seja discipulado, treinado e desenvolva o seu ministério com vistas a cooperar com o corpo de Cristo para alcançar Manaus, o Amazonas e o Mundo para Cristo.

BREVE HISTÓRIA DA IPM

"...E as portas do inferno não prevalecerão contra ela". -
Mt. 16:18
"...Que é a Igreja do Deus vivo, coluna e baluarte da verdade". -
I Tm 3:15

98 anos de passaram desde que o missionário Thompson juntamente com o Pr. Lourenço de Barros organizaram a Igreja Presbiteriana de Manaus, em 18 de Novembro de 1904. Lourenço já residia na capital amazonense e pastoreava a igreja desde 1902, quando foi enviado pelo Presbitério do Norte, presbitério "que ocupava mais da metade do território brasileiro, incluindo os estados Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Alagoas e a ubérrima bacia amazônica com maior volume de água doce corrente que o mundo consome."
Após a organização da igreja, o Pr. Lourenço de Barros foi acometido de beribéri, doença que degenera os nervos, sendo abatido de forma fulminante, vindo a falecer prematuramente em 5 de Abril de 1905.
Durante muito tempo, o trabalho persistiu debaixo de grandes dificuldades, sendo assistidos por pastores que permaneciam em Manaus por pouco tempo e o trabalho se garantiu pela ajuda de presbíteros que "seguraram a ponta da corda" sem deixar o trabalho morrer.
Nos anos de 1942 a 1945, assumiu o pastorado da Igreja Presbiteriana de Manaus o pastor Josafá Siqueira por designação do Presbitério Ceará-Amazônia. No seu pastorado houve uma preocupação em evangelizar a vizinhança da igreja e como consequência muitas pessoas humildes das redondezas frequentavam os cultos e a Escola Bíblica Dominical. No conceito da nossa irmã Jacobede esposa do saudoso Pr. João Chrysóstomo de Oliveira, o pastor Josafá era "amigo dos pobres e das pessoas humildes".
É somente em 1961, cinquenta e sete anos após a igreja ser organizada e contando apenas com uma congregação situada no bairro de Educandos que a Igreja Presbiteriana de Manaus recebe seus primeiros impulsos para uma evangelização mais efetiva. O pastor Élio Nogueira Castelo Branco a partir daí desenvolveu incansável trabalho de evangelização que culminou na fundação dos trabalhos de São Jorge, Crespo e Petrópolis.
É neste tempo, que surge a CAMAM (Campanha Missionária da Amazônia) com o objetivo de alcançar com o evangelho as regiões do interior do Amazonas. Exatamente 54 anos depois do Sr. José Joaquim Dias sonhar com "vapores" singrando os rios da Amazônia levando o evangelho de Jesus, é que surge o Barco Betel, o "Pequeno Presépio" apelido carinhoso dado pelo criativo João Chrysóstomo.
Na década de 70 no pastorado do Pr. Caio Fábio D'Araújo é que acontece um crescimento vertiginoso e relevante de nossa igreja. Foi o Pr. Caio que infundiu aos novos pastores a visão dos ribeirinhos dos rios da Amazônia.
Nos anos 80, o Ministério de Evangelização de Ribeirinhos intensifica mais ainda, impulsionado pelos pastores José João e João Wilson com a saudosa APEAM (Aliança Pró Evangelização do Amazonas).
Na década que se finda em Abril de 92 iniciou-se o projeto Barco Hospitalar com o apoio da Visão Mundial, em 99 recebemos da Sociedade Bíblica do Brasil em convênio o Barco Hospitalar Luz da Amazônia II, o qual prestou muitos serviços a várias comunidades dos rios Solimões e Amazonas, por um ano e meio, depois foi devolvido à SBB.
Nesta mesma década surge providencialmente os grupos familiares, reunindo a igreja nos lares, contando atualmente com 251 grupos espalhados pelos bairros da cidade de Manaus.
É certo que a Igreja Presbiteriana no Amazonas, no dizer do Pr. Heleno Montenegro, deu "um longo cochilo" nesse tempo decorrente desde os primeiros momentos de existência de nossa amada igreja. O Senhor Deus Soberano sabe o que faz e é aquEle que dirige a Sua Igreja. Apesar de tudo, precisamos avançar muito mais, pois ESSE É O NOSSO TEMPO!
O futuro que nos espera para esse terceiro milênio é desafiador e empolgante. Que cada membro da Igreja Presbiteriana de Manaus assuma seu lugar nas fileiras desse poderoso exército, tendo um único objetivo: "satisfazer a vontade daquELE que nos arregimentou."
Em Agosto de 2001 nos foi cedido pela Visão Mundial o Barco Hospitalar Manfred Grellert, de 18 metros por 6 de largura, que se agregou a frota de barcos da igreja.
Estamos nos preparando para colocar em funcionamento mais um barco hospitalar de 20 metros, também de ferro e cedido pela Visão Mundial.
Hoje somos uma igreja de 3.000 membros adultos, batizados, mais 2.000 crianças, entre as que são membros não comungantes e as que apenas participam de nossas atividades regularmente. Ao todo somos uma comunidade de 5.000 pessoas. Estamos assim destribuídos, 2.000 (membros e congregados) no templo Central, mais 2.000 (membros e congregados) distribuídos em 20 congregações na cidade e outros 1.000 (membros e congregados) distribuídos em 50 congregações no interior do Estado.

DOZE ANOS DE MISSÕES RIBEIRINHAS

Notas Históricas

A Igreja Presbiteriana de Manaus, sob o pastorado do Pr. Caio Fábio D'Araújo, iniciou missões entre os ribeirinhos do Amazonas usando um barco de 16 metros em Julho de 1990 através de equipes de jovens em fins de semana ou uma vez por mês, sob a liderança do Pr. José João Mesquita e do Missionário João Wilson Vasconcelos.
Em Abril de 1992, iniciou-se nova fase com Projeto Barco-Hospitalar com apoio da Visão Mundial, utilizando um barco de 20 metros, com consultórios médicos, odontológico, laboratório, farmácia e contando com a participação de muitos profissionais voluntários. Em Outubro de 1993 este barco sofreu naufrágio, foi recuperado e devolvido ao proprietário.
1993 - Recebemos por empréstimos de um irmão da igreja um barco de 16 metros, que adaptamos consultórios, laboratórios, farmácias. Usamos este barco de por apenas um ano.
A Igreja recebeu uma oferta da Igreja Sal da Terra de Uberlândia e com participação da Igreja em Manaus e Visão Mundial, foi comprado um barco de 22 metros, o qual foi adaptado para uso hospitalar.
1996 - O trabalho missionário ganhou nova dimensão, agora não só com voluntários esporádicos, mas com uma equipe com médica, dentista, enfermeiro, assistente social, evangelistas, ao todo 12 pessoas dedicadas exclusivamente ao trabalho missionário.
1998 - Foi acrescentado ao projeto uma agrônoma, iniciando assim uma área nova de trabalho: Agroecologia. Ainda neste ano, foi recuperado o barco Peniel.
1999 - Recebemos da SBB - Sociedade Bíblica do Brasil, em convênio por dois anos, o barco hospitalar Luz na Amazônia II.
Em Agosto de 2001 começamos a usar o avião de Asas de Socorro.
2002 - Concluindo um novo barco.
Atualmente atendemos 2.500 familiares (aproximadamente 10.000 pessoas).
Hoje são cinco barcos, três hospitalares e dois em atividade evangelísticas no interior.
Foram feitos mais de 40.000 atendimentos ambulatoriais, muitas pequenas cirurgias em nossos barcos.
Foram plantadas 50 novas igrejas (congregações) no interior do Estado.
O que será os próximos 10 anos ?
Se obedecermos a Deus, vivendo de acordo com sua Palavra, certamente Ele fará um grande trabalho através de nós.
Você está disposto (a) a orar, contribuir e obedecer o comando de Deus ? Se assim for, podemos sonhar com grandes coisas para a glória de Deus.
No ano 2000 a IPM concebeu o Projeto Visão Amazônica 2010.
Alvo: Plantar 200 novas igrejas no interior do Estado até 2010.

Para realizarmos nosso propósito elegemos como NOSSOS VALORES...

1. Família - Como célula mãe onde são comunicados os princípios fundamentais da fé e a preparação para a caminhada cristã na sociedade.
2. Santidade - Para viver de modo agradável diante de Deus e dos homens é necessário uma vida separada do pecado.
3. Caráter - Expressão da santidade prática que desemboca uma vida ética, íntegra, honesta e sem avareza, revelando os compromissos do crente com o Senhor.
4. A Comunhão dos Santos - Para o crescimento espiritual, exercício dos dons; identificação mútua na fé em Cristo, por isso enfatizamos os grupos familiares e as diferentes reuniões comunitárias.
5. O Ensino da Palavra de Deus - Através do púlpito, da Escola Bíblica Dominical e nos grupos pequenos, e o aconselhamento pastoral como o fator de transformação de vida e habilitação para os ministérios.
6. Evangelização e Missões - Cremos que toda a nossa ação deve ser para glorificar a Deus ganhando novas pessoas para Cristo, em Manaus, no Amazonas e até os confins da terra.
7. Adoração - Como expressão de nosso amor a Deus e como fator de libertação dos oprimidos.
8. Ação Social - Como resultado de nossa teologia de missão integral. Os pobres, estrangeiros e viúvas tem um lugar especial no coração de Deus.
9. Trabalho em equipe - A igreja é governada por um conselho e todas as suas atividades e ministérios são dirigidos por uma diretoria.
10. Discrição e Transparência nas Finanças - Cada membro é informado onde e quanto são aplicados os recursos financeiros.
11. Os dons do Espírito Santo - Usados de modo equilibrado e sério, são bênçãos na expansão no Reino de Deus.
12. Ministério Específicos - onde cada crente pode desenvolver o seu Dom e ser frutífero e realizado.
13. Neutralidade da Política Partidária - Todo crente é chamado para exercer sua cidadania com responsabilidade mas, a igreja como instituição não tem ideologia política nem ação política partidária, os irmãos que se candidatam a cargos eletivos não são candidatos da igreja, são membros da igreja na política.
14. Tolerância - Com os que pensam diferente.
15. Treinamento Contínuo - Como estratégia de geração de novas lideranças e a busca da excelência no ministério.
16. A Autoridade do Homem - No contexto da igreja e da família, para liderar e proteger seus membros.
17. Ministério da Mulher - O ministério cristão inclui as mulheres, cremos que Deus deu às mulheres dons e ministérios, por isso elas podem liderar departamentos, grupos familiares, ministérios, obras missionárias etc...
18. Oração Pessoal e Comunitária - é a chave para uma vida cristã saudável, abençoada e frutífera.
19. Amor pelos pobres - A igreja compreende que deve amar a todos, mas, deve servir mais efetivamente aos pobres, pois foi assim que Jesus viveu e ensinou.
20. Estilo de vida simples - Temos aprendido pela Bíblia, que o cristão deve viver um estilo de vida simples. Cremos que Deus dá prosperidade aos que lhe são fiéis e eficientes em seu trabalho, mas, devemos viver sem ostentação e luxo, devemos cuidar dos pobres e evitar o desperdício.


1 Administração

A Igreja é governada por um conselho composto de 8 pastores e 17 presbíteros e 11 diáconos. O pastor efetivo os presbíteros e os diáconos são eleitos pelo povo, os pastores auxiliares são convidados pelo conselho. Temos também outros 6 pastores servindo nas congregações. Contamos também com a preciosa ajuda do Pr. Caio Fábio, hoje Pastor emérito.
O conselho é auxiliado pela junta diaconal, composta de 11 diáconos que depois de experimentados são submetidos a eleição pelo povo, e pelas auxiliares de culto que são irmãs chamadas para auxiliarem os diáconos na ordem do culto e na assistência social.

2. Pastoreio

A igreja é pastoreada por muitos líderes, além dos líderes acima citados, contamos com 4 coordenadores (3 estão entre os 15 pastores) de área, 12 coordenadores de grupos,35 supervisores, 220 líderes de grupos familiares, 400 auxiliares e 220 hospedeiros desses grupos.

3. EDUCAÇÃO CRISTÃ

Escola Bíblica de Treinamento
(Ex- Escola Bíblica Dominical)

É um poderoso instrumento nas mãos de Deus para treinar os líderes e ensinar os princípios cristãos contidos na Bíblia a todas as pessoas incluindo todas as faixas etárias, atualmente temos 32 classes com 1.700 alunos matriculados, que se reúnem em dois horários de 08:00 - 9:00h e às 11:00 - 12:00h aos domingos, entre as classes oferecemos estudos para os novos na fé, crianças, adolescentes, jovens, casais e cursos especiais para líderes. Treinamento de Auxiliares de Grupos Familiares, Discipuladores, Antigo e Novo Testamento, História da Igreja, Aconselhamento Cristão, etc.. Também funcionam algumas classes 3ª-feira à noite.

ORGANIZAÇÕES INTERNAS

SAF - Sociedade Auxiliadora Feminina, que congrega as mulheres, e tem como objetivo serem verdadeiras auxiliadoras. As atividades da SAF são as seguintes: reuniões mensais com todas as sociais, reuniões mensais de departamentos (sub-grupos), apoio social e espiritual as viúvas e idosos, evangelização e missões, eventos beneficentes, ministérios nos hospitais e presídios.

UMP - União de Mocidade Presbiteriana, congrega moços de 18 a 35 anos de ambos os sexos, com a finalidade de crescerem na fé, trabalharem juntos.
As atividades desenvolvidas pelo jovens são: cultos aos sábados, estudos bíblicos no Domingo pela manhã, programa evangelísticos, sociais, retiros, etc. Muitos jovens da igreja estão organizados em grupos familiares de jovens, outros participam de grupos com faixa etária diversas.

UPA - União Presbiteriana de Adolescentes , reúne os oadolescentes de 13 a 18 anos, com as mesmas finalidade e atividades dos jovens.

UPH - União Presbiteriana de Homens, que congrega os homens, e tem por finalidade criar espaço para o ministério dos homens na igreja, promover seminários, integração entre os pais e filhos, visitação e apoio espiritual aos membros da igreja.

UPC - União Presbiteriana de crianças, que reúne crianças de 0 a 12 anos. Suas atividades acontecem especialmente nos domingos de manhã.

Todas as entidades tem estruturas organizacionais locais, regionais e nacionais.

MINISTÉRIOS

Deus deu a cada crente dons espirituais com vistas ao desenvolvimento de serviços. Cremos que cada crente só será realizado e frutífero quando estiver no pleno uso dos seus dons num ministério específico no corpo de Cristo.
(Romanos 12:1-8; I Coríntios 12:1-11; Efésios 4:11-16; I Pedro 4:10).

Acampamento Monte Sião

É um lugar acolhedor no Km 180 da estrada Manaus - Itacoatiara, com uma estrutura física para acomodar bem 350 pessoas, mas, em datas especiais chega a Ter em torno de 500 pessoas. O local tem quatro dormitórios, refeitório, sala de reuniões, e uma bela torre, campo de futebol, piscina e é banhado pelo rio Urubu, com uma praia natural.

MISSÕES

A IGREJA PRESBITERIANA DE MANAUS trabalha em missões em três maneiras diferentes: Missões Urbanas, Missões Regionais, Missões Estrangeiras.

1.URBANAS - Manaus tem aproximadamente um milhão e quinhentos habitantes, com novos bairros começando a cada ano, especialmente com pessoas vindas do Nordeste, de outros estados do Norte e do interior do Amazonas. Para alcançá-los temos duas estratégias:

a) Grupos Familiares (células)
Nossa igreja tem sido grandemente abençoada nesta visão de grupos familiares. Implantamos cuidadosamente em 1995. Esta nova maneira de viver tem facilitado o pastoreio, mobilização e treinamento de novos líderes.
funcionam através de um encontro semanal nos lares e centenas de micro-células de discipulado nas casas, escritórios, fábricas, colégios, etc. Atualmente temos 251, sendo 180 na igreja central e 71 nas congregações da cidade e já começaram a surgir em nossas congregações do interior.

b) Plantação de Novas Igrejas
Especialmente nos novos bairros temos começado Igrejas, trabalhando com nosso povo sofrido comunicando-lhes o evangelho e ensinando a obedecer ao Senhor, também desenvolvemos algumas atividades de cunho social, assistindo os necessitados.

NOSSOS ALVOS PARA 2004

2. Missões Regionais - A IPM está presente em 12 municípios, desenvolvendo atividades evangelísticas e sociais. O Projeto Amazon Vida é o nosso carro chefe, pois através de barcos, desde 1990, temos alcançado novas comunidades e comunidades com evangelho de Cristo. São 04 as atividades do Projeto:
1º. Evangelização;
2º. Saúde;
3º. Agro-ecologia (Agricultura)
4º. Desenvolvimento Comunitário;
O trabalho é desenvolvido através de 04 barcos, sendo três hospitalares, um de 22 metros (madeira), outro de 18 metros (ferro) e um de atividades evangelísticas de 16 metros (madeira), e outro de 10 metros (madeira). Em Outubro de 2002 estará em funcionamento outro barco de ferro de 20 metros, também hospitalar.

NOSSOS ALVOS ESPECÍFICOS PROJETADOS PARA 2004

Tornar a IPM uma igreja dinâmica e missionária, alcançando a cidade através da organização de novos grupos familiares e novas congregações com a meta de chegar no final do ano de 2004 com 7.000 pessoas entre membros e congregados, distribuídos em 500 grupos familiares, ministérios, 20 congregações, 10 pontos de pregação na cidade e 60 congregações no interior do Estado.


PROJETO BARCO HOSPITAL

O Projeto Amazon Vida é fruto da teologia de missão integral: Evangelização e Ação Social, Pregar, Curar e Libertar.
Iniciamos em Julho de 1990, com objetivo de alcançar o amazonas, suas cidades e vilas, com o Evangelho Integral, plantando igrejas e promovendo o bem estar do homem. Hoje, temos trabalhado nos Rios Negro, Solimões, Amazonas e Purus.

O Desafio:

O Amazonas é o maior estado brasileiro com 1.564.445 Km2, com 1.100 rios dos quais 200 são grandes rios.
Sua população é de aproximadamente 3 milhões de pessoas, das quais, 25% vive em pequenas cidade e 25% vivem em 9.200 comunidades, às margens dos rios. Milhares de comunidades não tem igrejas evangélicas, nem acesso à saúde.

Estratégias:

Treinamento de Líderes para implantação de igrejas - Atualmente realizamos duas conferências anuais em Manaus, também 4 cursos anuais breves (3,4,5 dias) em nossos barcos para os evangelistas do interior e seus auxiliares, onde ensinamos matérias fundamentais: Bíblia, Pregação, Vida Familiar e outros.
Atualmente estamos treinando 60 pessoas neste modelo.

Parcerias:

As parcerias são a maneira mais fácil de viabilizar a plantação de igrejas.

Visão Mundial: De onde vem 50% do sustento dos Barcos Hospitalares e dois dos barcos hospitalares cedidos em regime de comodato.
PCR- Projeto Crianças Ribeirinhas, cuidando de 1.700 crianças em 26 comunidades com parceria a Visão Mundial.
Amazon Autrech - Realizamos viagens juntos, evangelizando e construindo templos no interior do Estado.
Estamos em diálogo com a Missão Rios do Mundo e a Igreja São Lucas ambas situadas em Atlanta - Georgia (EUA), para construção de um barco de ferro de 20 metros.
A.M.F - Amazon Mission Fellowship - Missão da Coréa do Sul que envia e sustenta um médico no serviço dos barcos hospitalares.
Asas de Socorro - Realizamos 3,4,5 viagens de avião anfíbio por ano, alcançando comunidades de difícil acesso com a pregação do evangelho e a assistência à saúde.

Centro de Treinamento Missionário para Amazônia.

Como fruto da visão que Deus tem nos dado, estamos edificando um local para treinar os evangelistas para plantarem igrejas no interior do Amazonas. Este local será também utilizado para o treinamento de líderes, supervisores e coordenadores de grupos familiares.
O local é no Tarumã, próximo a Missão Jocum.

VISÃO AMAZÔNICA 2010
Alcançar a marca de 1.000 grupos familiares.
* Plantar 200 igrejas: 30 em Manaus, 20 nas cidades do interior e 150 comunidades.
Após estes anos de intenso trabalho missionário, de naufrágios, tempestades, raios, perigos, angustias, dores; e também de muitas vitórias, abertura  e construção muitos templos, ampliações da frota de um para oito barcos (um administrado pela Visão Mundial); muitas almas salvas, recursos enviados por Deus, muitos líderes de tempo integral, amealhamos certos conhecimentos sobre missões.
O que aprendemos nestes 15 anos em missões entre ribeirinhos e 10 anos de grupos familiares:
1 – Correr riscos e confiar em Deus. Deus é fiel;
2 – Crescemos na dependência de Deus: Novo Airão, Itacoatiara, Codajás, Itapiranga, Tabatinga e outros lugares, iniciamos igrejas só na dependência de Deus;
3 – Iniciar igrejas através dos grupos familiares, como em Anori, Tabatinga, Itacoatiara, Itapiranga, Urucará, no interior. E nos bairros Parque das Laranjeiras, Novo Aleixo, Riacho Doce, Raio de Luz, Rio Piorini e conjunto Vista Bela em Manaus;
4 – A suportar provações com paciência e ficarmos firmes nos muitos ataques do inimigo;
5 – Missões fazem a igreja crescer em qualidade e quantidade:
      * surge à necessidade de orar muito mais;
      * aprendemos a resolver problemas e conflitos;
6 – Deus honra a igreja que proclama. A nossa tem-se tornado referência na cidade: Os grupos familiares, Campanha Ame ao Próximo, Musical, Barcos Hospitalares, tem gerado matérias extensas em jornais da Cidade e na televisão;
7 – Temos que lidar com nosso orgulho e com a inveja de alguns líderes. Os piores inimigos são  irmãos enciumados;
8 – A treinar líderes leigos;
9 - A supervisão do campo é fundamental para a saúde do missionário e dos grupos familiares;
10 - Missões devem ser a nossa prioridade máxima;
11 - Os relacionamentos são mais importantes do que cargos e funções;
12 - Pessoas simples e introvertidas podem ser bons líderes, especialmente em grupos familiares;
13 - A melhor preparação é o serviço. Antes de ir para o campo precisa mostrar que sabe liderar, evangelizar e discipular na igreja;
14 - A ORAÇÃO É FUNDAMENTAL. Quem não esta disposto a gastar tempo na oração não deveria ir ao campo missionário, vai se frustrar.

NOSSAS ESTRATÉGIAS:
Estratégias para o interior do Amazonas - Cidades do interior:
* Visitas, evangelismo pessoal, relacionamentos, atendimento através dos barcos hospitalares;
* Enviar um evangelista ou pastor para a cidade ou comunidade e iniciar com um grupo familiar;
* Iniciar um grupo familiar;
* Discipular os novos convertidos pelo trilho de discipulado da IPM (material da IPB);
* Comprar um terreno na cidade;
* Construir o templo em parceria: IPM e os irmãos da nova igreja;
* Envolver o pastor e os novos na plantação de igrejas em 4 ou 5 comunidades do município através de viagens dos barcos hospitalares, de visitas em botes, barquinhos;
* Escolhemos uma comunidade para ser um pólo de evangelização e transformação social (uma em cada 5);
* Comprar um barco pequeno e doar para o evangelista para alcançar e discipular as 4 ou 5 comunidades;
* Treiná-los através de Educação Teológica por Extensão (SEAM) e em cursos no CTM-Centro de Treinamento Missionário em Manaus;
 * O pastor da cidade (do interior) deve cuidar dos líderes que Deus levantar nas comunidades e deve levar os novos convertidos nas viagens para criar mente missionária desde cedo.
Exemplo: Iniciamos igreja em Novo Airão em 1992, doamos um barquinho em 1995. O Pr. Alcedir gastou 5 anos lá, treinou liderança e hoje eles tem dois barcos e estão plantando no rio Negro, Jaú e Unini igrejas em 15 comunidades e já são um rebanho de aproximadamente 200 pessoas só em Novo Airão.
A IPM paga 50% das despesas e Novo Airão 50%. Esta igreja filha tem 10 grupos de discipulado e uma vida de oração muito bonita. Eles oram de 5h às 6h – das 12h às 12h30 e das 18h às 19h todos os dias, no templo. Está acontecendo um verdadeiro mover de Deus.

RESULTADO DOS ÚLTIMOS 5 ANOS DA VISÃO AMAZÔNICA 2010:
1 - Iniciamos 14 novas igrejas em Manaus;
2 – Iniciamos 10 novas igrejas nas cidades do interior;
3 – Plantamos 40 igrejas (congregações) nas comunidades com liderança local e construímos um templo;
4 – Estamos visitando, evangelizando e atendendo outras 30 comunidades.

AINDA TEMOS A REALIZAR ATÉ 2010:
1 – 13 igrejas em Manaus;
2 – 10 igrejas em cidades do interior;
3 – 70 igrejas nas comunidades;
4 – 580 grupos familiares (basta que a metade dos grupos multiplique de dois em dois anos).
Para uma igreja crescer é necessário:
1 – Que o pastor e os líderes estejam de acordo com as metas;
2 – Que a liderança e o povo concordem com as metas estabelecidas;
3 – Que não haja nenhuma doença séria na igreja. Ex. koinonite
Você é um cooperador ou expectador? Qual sua parte neste plano? Você é consumidor ou um discípulo esforçado?

SUA PARTICIPAÇÃO É FUNDAMENTAL PARA O CRESCIMENTO DA IGREJA.
“A igreja que não quer crescer está dizendo ao mundo vocês podem ir para o inferno”. Rick Warren

Missões Estrangeiras - Cremos que nossa responsabilidade não se limita ao nosso país mas é também com outros povos que não conhecem o evangelho de Cristo, por isso temos orado e apoiado 4 pessoas em Angola, 2 em Portugal, um missionário na Espanha, um casal que está na Índia e em Abril de 2002, enviamos para Irlanda do Norte o Pr. Paulo Sérgio Horta e sua esposa Ana Luíza Horta e dois filhos Paulo e Ana. O plano é trabalhar um tempo com a igreja em Belfast e depois enviá-los para Manaus.